Intercâmbio leva Ricardo Amadasi à Itália

Diário do Grande ABC -da redação

Com 24 de suas esculturas já embaladas e prontas para o embarque, o artista plástico Ricardo Amadasi, viaja no próximo dia 11 à cidade italiana de Marostica, onde vai mostrar seus trabalhos numa exposição individual, sua primeira na Europa.

O evento começa dia 19 e é consequência do convênio firmado entre o Departamento de Cultura de São Bernardo do Campo e o governo de Marostica, localizada no norte da Italia, na província de Veneto. O ítalo - argentino Amadasi, que reside em São Bernardo é o primeiro a expor individualmente, já que, até agora, somente grupos de artistas estiveram em Marostica.

Recém - chegado de Salvador, Ricardo Amadasi escolheu 24 peças da série Mulheres da cidade) para representá-lo na Itália. De tendência figurativa, seus trabalhos ganham aspectos de bronze exibindo formas de corpo de mulheres por diversos ângulos, algumas vezes entrelaçadas pelo corpo do homem. “Tive como inspiração a mulher brasileira em toda sua sensualidade e que é diferente em cada região do país” – explica Ricardo.

O convite partiu de uma delegação em visita ao Brasil há quatro meses, depois que sua exposição permanente na Galeria Arte Aplicada, em São Paulo , foi devidamente reconhecida pelos visitantes.

Com um currículo marcado por exposições na America Latina e quase todo o Brasil, Ricardo Amadasi prefere não arriscar palpites sobre a mostra em Marostica.

Apenas aguarda com ansiedade. Da mesma forma, recusa definições para sua arte. “É um trabalho de mudança constante, livre, não dando margens e conceitos fechados”, garante. Depois de Marostica, a mostra segue para Bolonha e Roma, mas já fora do convênio entre as cidades – irmãs.

Trecho do texto da redação

Consulte Intercâmbio leva Ricardo Amadasi à Itália - Diário do Grande ABC, 27 de dezembro de 1990

<< Voltar