Ricardo Amadasi e figura humana

Sensualidade nos gestos

Diário do Nordeste, Fortaleza - da redação

O artista plástico argentino Ricardo Amadasi, radicado no Brasil há 14 anos, inaugura hoje ás 19h. na Decorart, uma individual que reúne 18 esculturas, que retratam de forma extremamente criativa a linguagem cotidiana do corpo humano. Toda a sensualidade dos gestos humanos como pequenos trejeitos no tronco, uma mão esquecida na cintura, uma perna segurando o peso do corpo, um aceno para o táxi, um cuidado com a aparência ou um abraço apaixonado. Tudo isso ganha uma beleza impar através de traços nítidos e marcantes que dão uma perfeição muito especial ao ser humano.

Sem um compromisso necessariamente firmado com o formal, a proposta de Ricardo Amadasi é cada vez humanizar mais e descobrir a sensualidade no modelar. “A tendência e a idéia é retratar o cotidiano, o dia-a-dia E tudo isso só depende da sensibilidade de captar”. Para confirmar essa afirmação, Ricardo diz que passeando pela praia, aqui em Fortaleza, foi sugestionado por milhões de imagens, as mais variadas e todas elas cheias de beleza. Isso não significa que ele firme aqui um compromisso da arte com o belo, mais defende que mesmo a miséria pode ser captada com beleza , porque atrás está o ser humano.

“A verdade é que o compromisso da arte é com o sentimento humano de uma época. Captar isso é um processo de sensibilização. Continuo a acreditar na musicalidade das pessoas, nos relacionamentos e que o mundo é uma coisa linda de se viver” afirma o escultor

Consulte Diário do Nordeste – Fortaleza, 15 de março de 1988

<< Voltar